MINHA ÚLTIMA CONFISSÃO

MINHA ÚLTIMA CONFISSÃO

Minha última confissão será sozinho na presença de Cristo. Neste momento não haverá condenação mas prestarei contas perante aquele que morreu por mim. Admitirei a verdade a respeito de mim perante Jesus.

Naquele momento a minha avaliação não será complexa ou difícil.

Serei avaliado pela quantidade do amor e graça de Cristo que entreguei ou não entreguei cada dia.

Cristo em mim é o perfeito amor e graça do Pai em mim 24 horas por dia e sete dias por semana. Eu existo para entregar este amor e graça todo dia e assim glorificar a Deus.

Minha última confissão será assumir a responsabilidade do amor e graça que eu não entreguei mas poderia ter entregado. A tristeza deste momento será profundamente amarga mas sem condenação.

Não será um momento de condenação porque Jesus entregou perfeitamente a graça e o amor do Pai que me justifica e perdoa.

Graças a Deus Ele não falhou!

O amor e graça de Jesus vive em mim agora mesmo. Perder a oportunidade de repartir este tesouro que vive em mim será perder a oportunidade de manifestar o Pai, Filho e Espírito Santo. 

Quero entregar o amor e graça de Jesus um dia de cada vez!

Carlos McCord

Presidente do Ministério Permanecer

Deixe uma resposta