Em Tempos de Crises

Em Tempos de Crises

Enfrentaremos crises no caminho porque a alma do cristão pode se acalmar, crescer e amar num tempo de crise.  As nossas almas crescem na crise se cooperamos com Jesus durante a crise.  Se não, as nossas almas ficarão mais confusas e deprimidas durante a crise.

Viver neste mundo significa enfrentar crises.  Pensar que existe um lugar sem crise é viver uma ilusão.  Eventualmente esta ilusão se revela como a mentira que é. Não existe um santuário de segurança neste mundo. Mas, existe o santuário da presença de Cristo em nós onde estamos agora mesmo.

Para vencer as crises deste mundo temos que viver  do centro do nosso ser e confiar que Deus cuidará da circunferência da nossa experiência no mundo. Jesus nos disse em Mateus  6: 33-34…

Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas. Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal.

Esta é palavra final para o cristão em todo lugar e em qualquer crise.

Para buscar o reino de Deus nós temos que viver com o nosso espírito unificado debaixo do controle de Jesus.  Jesus tem que ter controle absoluto sobre a gente, na fonte das nossas intenções, o espírito. Se não entregarmos o nosso espírito por completo a Jesus o controle ainda estará nas nossas mãos.  Quando Jesus tem controle do nosso espírito tudo que Ele é começará a enfrentar a crise através de nós.

Uma oração simples, sincera e permanente como “Jesus, sou somente Teu” é suficiente para nos unir com Jesus no centro. Esta declaração será nossa postura permanente com crise ou sem crise.

Deste centro unificado com Jesus, Jesus pelo Espírito acalmará e alinhará a nossa mente, emoções e vontades para amar. A paz de Jesus será nossa na crise. O ânimo de Jesus será nosso na crise. A compaixão de Jesus será nossa na crise.

Com o centro unificado em Jesus e a alma tranquila e alinhada, Pai, Filho e Espírito Santo estenderão e cuidarão da circunferência do nosso amor durante a crise. Aprenderemos que a crise é um tempo de avanço espiritual e a entrega de muito amor.

Aos poucos aprenderemos que a vida de Jesus em nós continuará a vencer o mundo no qual nós vivemos. A crise perderá poder sobre nós porque o nosso centro em Jesus é o santuário de Deus. Aqui e agora na crise temos a vida abundante em Jesus.

 

Carlos McCord

Presidente do Ministério Permanecer

Deixe uma resposta