O Maior Pecado do Meu Século

O Maior Pecado do Meu Século

“O maior pecado do século é acumular riquezas e não usá-las com compaixão” Dr. Francis Schaeffer descrevendo o século XX.

Nunca esquecerei a primeira vez que li estas palavras nos anos 70 sobre o século XX. Na luz de todos os pecados da humanidade do século no qual eu nascí, eu nunca teria escolhido o pecado que Dr. Schaeffer escolheu para nos descrever.

Hoje, mais de 40 anos depois de ter lido as suas palavras, posso ver claramente porque ele identificou “acumular riquezas e não usá-las com compaixão” como o pecado por trás de todos os nossos pecados. Dr. Schaeffer estava ouvindo Jesus falar dos nossos pecados.

Jesus disse que é impossível amar a Deus e o dinheiro.

Jesus falou para o jovem rico que ele deveria vender todos os seus bens e dar todo o dinheiro para os pobres porque o perigo da riqueza acumulada realmente ameaça o fluir do amor.

Jesus nos manda entregar a nossa túnica e capa em um conflito, porque resolução, reconciliação e o fluir do amor valem muito mais do que as coisas materiais.

Jesus descreve cuidadosamente o homem rico que ficou em tormentos após a sua morte porque não mostrou compaixão para um único pobre que sofria diariamente na porta da sua casa. Jesus claramente estabeleceu que o não uso da compaixão tem consequências eternas.

Dr. Schaeffer estava simplesmente concordando com Jesus quando ele avaliou o século XX.  Ainda assim, não é suficiente eu avaliar os pecados do outros no meu século. Preciso identificar o meu pecado do meu século.

Então, ouça a minha confissão. O meu maior pecado do meu século é não usar toda a riqueza de Cristo em mim e assim amar todos corretamente e plenamente um dia de cada vez.

De muitas maneiras e em muitos momentos não amei como deveria e poderia ter amado com Jesus. Não ofereci graciosamente aos outros a riqueza do amor de Cristo que vive em mim. O amor de Jesus que poderia ter sido entregado visivelmente e corretamente ficou somente para mim e dentro de mim.

Antes de eu avaliar as pessoas do meu século, eu preciso ouvir Jesus me dizendo que sou responsável pelo uso da riqueza do amor de Deus em Cristo em mim. Esta riqueza em mim deve se tornar compaixão contínua e visível um dia de cada vez. Jesus vai avaliar o meu uso pessoal da riqueza do amor Dele.

“O que está escrito na Lei”?, respondeu Jesus. “Como você a lê”?

Ele respondeu: “Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todas as suas forças e de todo o seu entendimento e Ame o seu próximo como a si mesmo”.

Disse Jesus: “Você respondeu corretamente. Faça isso, e viverá”. Lucas 10:26-28

Permanecendo em Cristo momento a momento, o meu maior pecado pode se transformar em minha maior vitoria. Quando permaneço em Jesus posso amar sem parar e assim repartir com todos a riqueza do seu amor em mim.

Carlos McCord

Presidente do Ministério Permanecer

Deixe uma resposta