A Esperança

A Esperança

“Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor.” 1 Co 13.13

Perder a esperança é também perder o amor.

Entre a fé e o amor fica a esperança. Sem a esperança o ecossistema do amor divino não funciona.

O apóstolo Paulo afirma em I Coríntios 13 que existem três realidades na existência humana que fazem o amor se manter entre nós. Estes três são a fé, e esperança e amor. O mais importante dos três afirma Paulo é o amor.

A fé é a capacidade do ser humano de receber o diretamente da fonte divino em Cristo o amor que precisamos para viver como seres dependentes de Deus que somos. Tudo começa no receber. É pela fé que o amor nasce em seres humanos.

A esperança é como uma ponte pela qual passamos para entregar aos outros o amor que nasceu em nós pela fé. Sem a esperança ninguém consegue passar pela ponte e entregar o amor ao próximo continuamente.

É no receber ou fé que a inspiração de amar nasce. É no cruzar a ponte da esperança indo na direção do nosso próximo que o amor consegue se manifestar.

O inimigo da nossa alma ataca a nossa esperança. Ele tenta destruir a nossa esperança e assim detonar a ponte da entrega do amor. Não é por acaso que a depressão e desânimo crescem entre nós.

Perder a esperança não é somente doloroso para nós.  Perder a esperança é doloroso para quem precisa de nós e do nosso amor.

A esperança  vem de Jesus que habita em nós.  Precisamos cultivar continuamente o nosso relacionamento esperançoso com Jesus para garantir a entrega do amor.

Cultive bem a sua esperança em Jesus.  Fique focado em Jesus momento a momento porque é Ele que é a esperança em nós.

Carlos McCord
Presidente do Ministério Permanecer

Deixe uma resposta