O Último Adão e a Última Eva

O Último Adão e a Última Eva

Assim está escrito: “O primeiro homem, Adão, tornou-se um ser vivente”. O último Adão, espírito vivificante. Não foi o espiritual que veio antes, mas o natural; depois dele, o espiritual. O primeiro homem era do pó da terra; o segundo homem, dos céus. Os que são da terra são semelhantes ao homem terreno; os que são dos céus, ao homem celestial. Assim como tivemos a imagem do homem terreno, teremos também a imagem do homem celestial. – I Coríntios 15:45-49

Jesus é chamado “o último Adão.” Em outras palavras, Jesus é a última oportunidade para a humanidade dar certo. Se Jesus tivesse fracassado sendo o ser humano que Deus quer que existisse, não teria uma terceira tentativa.

O fracasso do primeiro Adão preparou o desafio do último Adão. Jesus, o último Adão, teria que levar a humanidade de volta ao Pai sem qualquer vestígio do pecado e pronto para amar com Ele sem parar e eternamente.

A maioria dos discípulos de Jesus tem uma compreensão boa do relacionamento entre o fracasso do primeiro Adão e o sucesso do último Adão. O que não compreendem bem é a criação da última Eva.

A primeira Eva foi tirado do lado do primeiro Adão enquanto dormia. A última Eva foi tirada do lado de Jesus, o último Adão, enquanto sofria bem acordado na cruz.

A igreja é a última Eva tirada do lado do último Adão.

Durante toda a eternidade a igreja andará em união de espírito com Jesus.  A igreja, Eva, foi criada do corpo de Jesus, último Adão, sacrificado e aberto na cruz.

Todos nos vendo na companhia de Jesus como a sua esposa e amada lembrarão do seu sofrimento no Cálvario para nos perdoar e seu casamento conosco para amar sem parar.

Não foi bom o primeiro Adão estar a sós. Louvado seja Deus que não foi bom o último Adão viver sem a gente!

Carlos McCord
Presidente do Ministério Permanecer

Deixe uma resposta