Jesus, Convite ou Inovação

Para muitas pessoas Jesus é simplesmente um professor de ideias morais superiores e um agente de inovações  para avançar a humanidade.  Elas reconheçam que Jesus teve influência e merece ser respeitado por suas ideias elevadas e novas. Mas, dizer que Ele teve poder além das suas ideias e inovações muitas pessoas não admitem.  Acreditam que as suas ideias e novidades ainda vivem, mas Ele não vive mais.

Quem vê Jesus desta forma ainda não levou a sério o Jesus revelado nas escrituras e na história humana.  O Jesus das escrituras e da historia humana nunca permitiu que nenhuma audiência O definisse simplesmente como mais uma pessoa na lista de professores de moralidade ou inovações. Quando tentaram defini-Lo como propagador de ideias novas, Ele sempre trouxe o assunto para sua pessoa e não para ideias ou inovações.

Jesus chamou pessoas para si e não para as suas ideias. As suas ideias não O definiram. Ele definiu as sua ideias. As suas ideias vieram da sua essência pessoal e não de especulações ou possibilidades.

Jesus chamou as pessoas a conhecê-lo pessoalmente e assim conhecer o Pai celestial.   Jesus não ofereceu ideias e mudanças como sua contribuição para o bem da humanidade.  Ele ofereceu a Si mesmo ao mundo como a solução permanente para a humanidade.  Por isso Ele falou como quem tinha toda a autoridade sobre tudo, inclusive a moralidade e a humanidade.

Jesus veio nos convidar a voltar com Ele para o Pai.  Ele é o convite da graça divina e não um professor de ideias inovadoras.  Ele não veio inovar. Ele veio convidar.

Avalie a pessoa de Jesus e decida se um convite vindo dele parece generoso e amoroso. Veja Jesus e decida se este é o Deus que você  sempre quis que existisse. Ele é.  Aceite o convite que Jesus é.

Carlos McCord

Presidente do Ministério Permanecer

Deixe uma resposta