Uma Boa Teologia

 

Sua teologia é boa?  Se tivesse um encontro face a face com Jesus para avaliar a sua teologia com Ele, daria certo para você?  Sua teologia aguentaria o olhar de Jesus?

Em João 5:38-47 Jesus avaliou a teologia dos fariseus que O  estavam criticando continuamente. A avaliação de Jesus foi dura.  Os teólogos não se saíram bem.  Ouçam a avaliação de Jesus.

“Vocês estudam cuidadosamente as Escrituras, porque pensam que nelas vocês têm a vida eterna. E são as Escrituras que testemunham a meu respeito; contudo, vocês não querem vir a mim para terem vida.” 

“Eu não aceito glória dos homens, mas conheço vocês. Sei que vocês não têm o amor de Deus. Eu vim em nome de meu Pai, e vocês não me aceitaram; mas, se outro vier em seu próprio nome, vocês o aceitarão. Como vocês podem crer, se aceitam glória uns dos outros, mas não procuram a glória que vem do Deus único?

“Contudo, não pensem que eu os acusarei perante o Pai. Quem os acusa é Moisés, em quem estão as suas esperanças. Se vocês cressem em Moisés, creriam em mim, pois ele escreveu a meu respeito. Visto, porém, que não crêem no que ele escreveu, como crerão no que eu digo?”

Veja as três coisas que estavam faltando na teologia dos fariseus.

1.     VIDA.  Eles pensaram que acharam a vida eterna nas escrituras e não precisavam de mais nada.  Eles não incluíram Jesus na sua teologia de vida eterna.

2.     AMOR.  Eles procuravam os elogios dos homens em vez de procurar o amor de Deus.  O amor de Deus faltava neles e na  sua teologia.

3.     FÉ.  Conheceram todos os escritos de Moisés mas não acreditavam neles.  Por esta razão não creram nas palavras de Jesus.

É Jesus que pode dizer se a nossa teologia é boa ou má. Jesus é a medida da teologia.  Jesus define e aprova a teologia.  Não é a teologia que define ou aprova Jesus.

Carlos McCord

Presidente do Ministério Permanecer

Deixe uma resposta