O Novo e Flexível Você

E eles lhe disseram: “Os discípulos de João jejuam e oram freqüentemente, bem como os discípulos dos fariseus; mas os teus vivem comendo e bebendo”.

Jesus respondeu: “Podem vocês fazer os convidados do noivo jejuar enquanto o noivo está com eles? Mas virão dias quando o noivo lhes será tirado; naqueles dias jejuarão”.

Então lhes contou esta parábola: “Ninguém tira um remendo de roupa nova e o costura em roupa velha; se o fizer, estragará a roupa nova, além do que o remendo da nova não se ajustará à velha. E ninguém põe vinho novo em vasilha de couro velha; se o fizer, o vinho novo rebentará a vasilha, se derramará, e a vasilha se estragará. Ao contrário, vinho novo deve ser posto em vasilha de couro nova. E ninguém, depois de beber o vinho velho, prefere o novo, pois diz: ‘O vinho velho é melhor!’ ”  Lucas 5:33-38

Jesus foi o mestre do ensino.  Ele conseguiu simplificar o profundo.  Ele fez isto usando como ilustração coisas que os seus ouvintes tinham visto com os seus próprios olhos.  Ele não inventou ilustrações novas.  Ele usou tudo que as pessoas já conheciam bem.

O povo do tempo de Jesus tinha visto noivos, roupa nova e velha, vinho velho e novo e vasilhas velhas e novas.  Vendo estas coisas já chegaram nas suas próprias conclusões.  Ensiná-los algo novo a respeito Dele foi o processo de transferir as suas conclusões sobre coisa simples para as coisas profundas a respeito Dele. Ele foi mestre desta transferência!

As pessoas fazendo perguntas para Jesus precisavam ver Jesus como o noivo,  roupa nova e vinho novo.  Precisavam ver Ele como razão de celebrar.  Precisavam ver que qualquer tentativa de costurá-Lo de volta no Antigo Testamento seria rasgar a história.  Precisavam ver que tentar prendê-Lo dentro dos limites da Lei não daria o espaço para o Novo cumprir a lei.  Precisavam entender que o novo “gosto” de Jesus veio para ficar.

“Celebrar quando puder” não parece profundo, mas é.

“O novo tem que ser 100% novo” não parece profundo, mas é.

“O novo precisa de flexibilidade para crescer” não parece profundo, mas é.

“Pessoas que têm um certo tipo de gosto não mudam facilmente” não parece profundo, mas é.

Quando você vê Jesus com os seus próprios olhos você verá o completamente Novo procurando o novo e flexível você.

Carlos McCord

Presidente do Ministério Permanecer

Deixe uma resposta