Não é Justo

Parece que uma geração acabou de acordar e gritar “Não é justo!”  No mundo inteiro tem jovens e adolescentes mobilizando para fazer este mundo mais justo.

Eles têm motivação, intensidade e energia.  Eles sabem gritar, também.

Creio que podemos celebrar uma geração que quer viver num mundo mais justo.  Certamente vão influenciar e impactar qualquer país onde vivem. Também creio que podemos sonhar que o amor apareça ao lado da motivação, intensidade e energia destes  jovens e adolescentes.

Como um homem que passou a sua adolescência nos EUA nos anos 60 eu vi uma geração assim em ação.  O herói daquela geração foi o Martin Luther King Jr.

Ele sonhou num mundo mais justo e ele entrou na luta até a morte.  Acima de tudo o Dr. King falava no amor.  Ele entendeu que a justiça somente chega num ambiente aonde o amor domina.

Vendo esta geração tão motivada sobre ser justo, fico alegre.  Espero que no meio destas gerações ao redor do mundo possam aparecer vozes como a voz do Dr. King que acreditava numa justiça com amor.

Jesus nunca falou da justiça sem falar do amor.  É impossível imaginar Jesus gritando palavras de ordem no rosto de alguém.  Não me lembro de nenhum momento quando Dr. King gritava ou desprezava uma outra pessoa na sua luta pela justiça.  Foi assim que ele venceu e morreu.    Creio que Dr. King aprendeu vendo Jesus vencer e morrer.  Jesus não gritou.  Jesus sangrou e perdoou.

A justiça verdadeira só vem e vence se o amor está presente.

Deixe uma resposta