Com ou Sem Apoio

 

Jesus preparou os seus primeiros discípulos para cumprir sua missão aqui no mundo sem apoio político, cultural, moral ou militar. Eles cumpriram a sua missão.

 

Cada palavra que Jesus falou e cada dia que Ele viveu levaram os primeiros discípulos a crer que a Sua vida podia ser vivida e os seus mandamentos obedecidos mesmo cercados por uma cultura hostil.

 

“Se o mundo os odeia, tenham em mente que antes me odiou.” Jesus

 

O apoio necessário para viver uma vida cristã da qualidade de Jesus viria de dentro de nós pelo apoio continuo da Trindade. Os primeiros discípulos entenderam que todos que eram dispostos a cooperar com Cristo plenamente formado neles teriam todo o apoio diário necessário para levar a presença de Cristo adiante neste mundo.

 

Para os cristãos vivendo neste momento, nas sombras do que sobrou das civilizações do oeste que foram fortemente influenciadas pelos pensamentos, moralidade, cultura cristã e que foram até protegidos pela força militar destas civilizações, este é um momento de ajuste e até de lágrimas. Uma nova realidade cultural está nos cercando e nos diz “Terão que viver o seu Jesus sem o nosso apoio.”

 

Em outros lugares neste mundo um cristianismo apoiado pela cultura predominante jamais existiu ou se existiu já morreu este apoio. Chegou no oeste o tempo dos discípulos de Jesus viverem a vida que o pastor Chinês Watchman Nee chamou “A Vida Cristã Normal.” Foi esta vida que ele viveu durante 20 anos na prisão. Esta vida cristão normal é o descansar, comer, beber e nos alegrar do Cristo vivo formado em nós, permanecendo em nós e repartindo tudo que Ele é para nós. No oeste chegou o tempo da vida interior que é o apoio generoso e contínuo de Cristo em nós.

 

“Sem mim não podem fazer coisa alguma.” Jesus

 

Uma geração de discípulos está nascendo de novo agora mesmo nas nações do oeste, cercados por uma cultura onde provavelmente vão viver sem apoio cultural externo durante suas vidas inteiras. São os nossos filhos e netos. Precisarão ouvir a voz de Jesus falando o que falou para os primeiros discípulos. Precisarão fazer parte de comunidades focadas exclusivamente em Jesus onde vão aprender a vê-Lo, ouvi-Lo, amá-Lo e vivê-Lo um dia de cada vez, apoiado por Ele de dentro deles onde Ele é tudo em todos.

 

Para nós que vivemos uma boa parte da nossa vida cercados de um apoio cultural, o nosso tempo de reclamações, frustrações e lágrimas terá que ser bem breve. É a nossa hora de experimentar o poder do Cristo em nós. Agora é nosso tempo de criar comunidades que vivem Jesus como nossa vida cristã inteira.

 

Nada neste mundo pode impedir o avanço do Cristo que vive em nós um dia de cada vez e momento a momento como o nosso apoio em tudo.

 

“Tudo posso naquele que me fortalece.” Paulo Apóstolo, e Mártir.
 

 

Carlos McCord

Presidente do Ministério Permanecer

Deixe uma resposta