O Caminho Luz

 

 

Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida. João 8:12

 

O simples ato de andar sem dor no nosso próprio lar pode ser transformado num momento de dor intensa se a luz se apaga. O que deveria ser um passeio calmo pela casa pode se tornar uma dor chocante quando certas partes do nosso corpo, como os dedos dos pés, fazem contato contra objetos imóveis e temporariamente invisíveis.

 

Qualquer pessoa que já acordou durante a noite e na escuridão e tentou achar o caminho para um outro lugar na casa, sem acordar as outras pessoas, sabe o que é a mistura dolorosa de dor e escuridão. Parece que a dor na escuridão é de um poder multiplicado por 10!

 

Nada pode substituir a luz. Fomos criados para achar o Caminho pela luz. Precisamos do apoio contínuo da luz até para andar em lugares bem conhecidos. Pessoas sem luz podem fazer adaptações e aprender a viver uma certa qualidade de vida sem luz, mas as limitações não podem ser ignoradas ou negadas. A luz é amiga de todos.

 

Quando Jesus diz que Ele é a luz do mundo, Ele se declara o amigo da humanidade. Ele está dizendo que Ele é essencial para quem quer andar em paz por aqui. Ele sabe que temos a tendência de acordar na escuridão e tentar achar o caminho até com boas intenções. Ele não insiste que a gente ande na luz, mas logo todos perceberão que a dor de andar sem luz acordará todos que vivem perto de nós.

 

Quando acordamos num momento de escuridão profunda, Jesus já está acordado e oferecendo a sua luz. Quando insistimos em andar sem a luz de Jesus certamente experimentaremos da dor multiplicada por 10. Assim, todos na nossa casa vão compartilhar a nossa dor e perder a paz.

 

Andar na luz de Jesus é o caminho que deixará todos que amamos em paz e descansando bem.

 

 

Carlos McCord

Presidente do Ministério Permanecer

Deixe uma resposta