Ponto de Partida

 

 

Hábitos bem estabelecidos são difíceis de mudar. Uma vez que estabelecemos um comportamento habitual parece que aquele comportamento manda na nossa vida.

Gostamos de pensar que controlamos nossos comportamentos, mas chega uma hora que percebemos que um comportamento habitual está mandando na gente. Parece que o comportamento veio para ficar.

O que “veio para ficar” não é o hábito, mas é o poder da escolha de um ponto de partida. Como seres humanos fomos criados para ter Deus como o nosso ponto de partida e o nosso comportamento habitual. Fomos criados para iniciar cada dia habituados a viver Deus.

 

Quando Adão e Eva comeram da árvore do bem e do mal, eles abriram uma porta que por meio dela entraram centenas de pontos de partida para a humanidade oferecendo ser o início de vida.  A história da humanidade é a triste descoberta que nenhum destes pontos de partida que nasce na árvore do bem e do mal consegue dar e manter vida.

Quando Jesus chamou os seus primeiros discípulos a segui-Lo, Ele estava oferecendo a si mesmo para ser o novo ponto de partida para a humanidade.  Ele chamou seus discípulos a mudar o hábito de comer da árvore do bem e do mal e voltar a comer da árvore da Vida e ter Deus como o novo ponto de partida que dá e mantém vida.

Existe um elo entre a qualidade da nossa vida e o nosso ponto de partida. Existe um elo entre escolher Jesus e ter vida abundante porque Ele é a árvore da vida.

Comece cada dia com palavras que declaram que Jesus é o seu ponto de partida.
Na hora de acordar e antes de se levantar da cama diga “Jesus, que bom que o Senhor habita em mim!”. Assim você estabelecerá que o seu ponto de partida é Jesus.  

O hábito de começar tudo em Jesus é o único hábito que dá e mantém vida.  Jesus é ponto de partida e hábito que você nunca vai querer mudar.
 

 

Carlos McCord

Presidente do Ministério Permanecer

Deixe uma resposta